A arte contemporânea como fruto da pós-modernidade


Grafite e instalação de Dri-k Chagas, exposição EnComodos.

A estética, dentre outras coisas dedica-se na reflexão de questões relacionadas a diversidade das artes por meio do espírito da época em que a mesma se encontra. Portanto, para a compreensão da arte contemporânea, faz-se necessário a abrangência do pós-modernismo. Antes de qualquer abordagem sobre tal fenômeno, é necessário tornar claro que há infinitos significados a respeito da pós-modernidade e sintetizar tal conceito parece ser algo impossível. A pós-modernidade pode ser vista como um conjunto de mudanças sociais ocorridas a partir do final do século XX até a atualidade. Mudanças como o avanço tecnológico (que gerou a globalização, o poder e a dependência da informática) , o surgimento de movimentos sociais  com aspectos étnicos e ecológicos e etc. Tais mudanças provocaram grandes questões filosóficas e sociais.      E, tal fenômeno não seria diferente nas artes.

A arte moderna já apontava elementos característicos de uma arte mais “livre”. No entanto, continuava presa a uma espécie de “ciclo” seguindo estilos e manifestações que tinha por desígnio fragmentar a “era das artes” (o renascimento). Se a modernidade tinha a intenção de abandonar as tendências anteriores, a pós-modernidade as une, pois ela é uma condição que aceita e valoriza o eclético, a ambigüidade, e a hibridização das muitas formas.  Segundo Danto, o modernismo deve ser entendido como “a era dos manifestos” , e que cada movimento corresponde a um empenho de significado filosófico da arte, em suas palavras: “(…) como se o movimento por ela expressado tivesse feito a descoberta filosófica do que a arte essencialmente é.” (DANTO,2006,p.38). Para Danto o marco do fim da modernidade acontece em 1964, devido ao seu contato com a pop art,  especificamente diante da brillo Box de Andy Warhol. A partir deste fato a arte não teria uma forma por meio do qual deveria se exprimir. Desta forma as obras de arte passaram a não possuir características distintas que pudessem se contrastar diante de um objeto comum, ou seja, qualquer objeto pode ser atribuído ao status de obra de arte.  Foi a partir daí que surgiram profundas questões a respeito da essência da arte. Os objetos domésticos são densos de significados e definem as estruturas de vida, certamente artistas que utilizaram ready-mades tinham a intenção de provocar algum tipo de reflexão acerca deste cotidiano. (O espectador/ público deve estar atento a isso!)

Segundo Belting a pós-modernidade esta fundamentada na perda do enquadramento. Nas suas  palavras: “o discurso do fim não significa que tudo acabou, mas exorta a uma mudança no discurso , já que o objeto mudou e não se ajusta mais aos seus antigos enquadramentos” (BELTING,2006,P.8). (cara… ele disse TUDO)

O sentido do “fim” suscita um aviso ao surgimento de novos paradigmas, que por sua vez, abarcam novas possibilidades artísticas. A dificuldade de execução sempre foi uma forte referência para julgamentos cotidianos de uma qualidade artística. Com o advento da fotografia e outros meios tecnológicos a mão do homem foi sendo substituída por atividades programadas na construção da obra. A partir daí a definição do valor estético precisou se moldar ao novo paradigma. O século XX certamente constituiu um momento complexo para as reflexões da filosofia estética, justamente por que o processo criativo se torna o espaço e o período para o próprio questionamento da obra de arte. Tal fenômeno, é encarado por muitos como a substituição de um prazer emotivo por um prazer intelectual , este procedimento de cunho racional abre a possibilidade da elucidação da obra vir a ser mais atraente (significante) do que ela própria obra.

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Malu Silva
    jan 27, 2011 @ 18:08:51

    Aprendi um tantinho mais!!! Obrigada por compartilhar …

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: