Ser professora no Brasil, um desabafo.

Um professor tem o poder de possibitar mudanças na vida de um aluno, mudanças que certamente marcarão o resto da vida do indivíduo. O valor e a importância social de um bom docente , é inquestionável.  Sempre quis desabafar sobre a triste situação dos professores no Brasil, e ja falei diversas vezes… mas é um assunto que ninguém tem mais saco pra falar, nem ouvir! inclusive os próprios docentes… é lamentável saber que após quatro anos de muito estudo e ralação eu vou (hipoteticamente) trabalhar numa escola mal equipada, desorganizada, com alunos fora da “faixa” e o pior, sem saberem ler. Mas qnd eu chegar em casa, vou abstrair… vou ter que : elaborar o planejamento dos conteúdos  a ser ministrados, planos de aula pra fazer, organizar diários de sala, provas e trabalhos pra corrigir e muita , MUITA coisa pra ler, pq td professor deve se atualizar…  o detalhe, é que eu vou ganhar ( hipoteticamente! kkkk) o mesmo salário da garçonete que trabalha na sorveteria da esquina (não desmerecendo o trabalho da garçonete, mas valorizando o meu!). E ai? estimulada pra se formar?! hahaha é por isso que alguns (muitos) alunos dos cursos de licenciatura vivem desiludidos…os que não querem essa vida, vão ralar mais uns sete anos fazendo mestrado e doutorado pra ter a possibilidade de ganhar a mesma coisa que um profissional de nível superior, é mole?? então por que vc escolheu licenciatura?!

porque apesar de tudo, ser professora é um prazer…

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Malu Silva
    jan 27, 2011 @ 22:13:54

    …Ainda bem que restam alguns: Mª Vasquez Manzano, V.Vitoriano, Laurita, etc,etc. Se vc não concordar, sinta-se a vontade para despublicar o comentário.

    Responder

  2. Isis Moura
    jan 27, 2011 @ 22:26:08

    Na verdade, eu estava me referindo aos professores da educação básica… e a situação do mercado de trabalho que estará disponível para nós, futuras professoras… claro que há outras possibilidades de trabalho, mas nosso curso é licenciatura. Os docentes que vc citou são ótimos! são os que fazem a diferença ali no DEART e eu me orgulho por tê-los ali!
    Jamais excluiria um comentário apenas por não concordar com o conteúdo exposto! não sou Hitler!kkkkkkkkk e cm sabe, defendo a liberdade de expressão!
    beijos!

    Responder

  3. Isis Moura
    jan 30, 2011 @ 15:51:44

    Gente, recebi um e-mail cujo o assunto era: “educação paradoxo nativo”.
    O texto foi escrito pelo professor Vladimir Safatle da USP. Durante o texto ele descorre sobre os problemas que giram em torno da educação no Brasil, pode ser acessado pelo link:
    http://www.cartacapital.com.br/sociedade/paradoxo-nativo/comment-page-3

    O que me chamou atenção foi o seguinte parágrafo:

    “Antes de discutirmos o ponto relacionado aos custos, vejam como se constrói um sofisma. Vez por outra, alguém aparece para falar que a equação altos salários/boa educação não se sustenta. Elas simplesmente confundem “condição necessária” com “condição suficiente”. Não há nenhuma equação biunívoca que garanta a qualidade da educação, mas há um conjunto de fatores que, quando presentes, fornece resultados robustos. Da mesma forma, outros gostam de falar que o que motiva professores não é necessariamente o salário, mas “a grandeza da profissão”, “o prazer de ensinar” e outras pérolas do gênero. Alguém deveria sugerir uma lei para limitar o cinismo desses arautos do altruísmo alheio.”

    Olha professor, se houvesse outra coisa que os professores competentes gostassem de fazer e fossem bem remunerados, certamente iriam fazer. E possivelmente voltariam a ensinar por hobbie…
    Mas é cretino alguém viver fazendo o que não gosta por dinheiro.
    Ah professor, me tire uma dúvida… se o indivíduo sente prazer ensinando, onde esta o altruísmo? se faz por sentir PRAZER, por si, por satisfação própria!
    O que acontece é que sua ação acaba por ajudar os outros, é uma consequencia…

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: